Dois times e uma ideia: o que esperar do Corinthians para a estreia de 2017


Fábio Carille pretende utilizar 22 jogadores em 90 minutos na estreia do Corinthians em 2017, no duelo contra o Vasco, às 22h (de Brasília) desta quarta-feira, pelo Torneio da Flórida.

No primeiro tempo, colocará em campo o time que vai se desenhando como ideal para o início do Paulistão, ainda sem contar com o zagueiro Pablo, que ficou no Brasil; com Fellipe Bastos, que só deve participar do jogo de sábado; e com Jadson, reforço esperado pelo técnico e sonhado pela torcida, mas que ainda depende de negociações.

No duelo contra o time de Cristovão Borges, ex-treinador de passagem apagada pelo Timão em 2016, o torcedor do Timão deve esperar apenas um esboço de equipe. Afinal, depois de apenas sete dias de testes e treinos, o Corinthians não conseguirá mostrar mais do que vontade e uma ideia de jogo. A parte física, é claro, ainda estará bem abaixo da considerada ideal.

Discípulo de Tite, Carille foca em dois princípios neste início de trabalho: organização defensiva, um setor que sempre ficou sob os seus cuidados quando era auxiliar técnico fixo, e transição ofensiva rápida por meio de triangulações. Portanto, dos pés dos jogadores de maior talento da equipe, o corintiano pode esperar passes de primeira, ultrapassagens e lançamentos.

Em ambas as equipes, o esquema utilizado será o 4-1-4-1, outra herança do técnico da Seleção.

Leia mais no GE
---------------


Dois times e uma ideia: o que esperar do Corinthians para a estreia de 2017 Dois times e uma ideia: o que esperar do Corinthians para a estreia de 2017 Reviewed by Anderson Nascimento on 19:00:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.