Muro será pago pelo consumidor americano, diz ministro mexicano


O ministro das Relações Exteriores do México, Luis Videgaray, afirmou estar convencido de que seu país pode chegar a "bons acordos" com o governo do novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, mas ressaltou que o México considera inconcebível pagar pela construção do muro prometido pelo líder americano durante sua campanha eleitoral.

Videgaray afirmou também que com um imposto sobre as importações de produtos mexicanos – como propôs Washington nesta quinta-feira (26/01) – o muro fronteiriço acabará sendo pago pelos consumidores americanos.

"Um imposto às importações de produtos mexicanos por parte dos Estados Unidos não é a forma de fazer com que o México pague pelo muro, mas sim o consumidor americano, que passará a pagar mais por abacates, máquinas de lavar roupa ou televisores", apontou o ministro mexicano do Exterior.

"Há assuntos que são [inaceitáveis] por uma questão de dignidade, que não têm a ver com as exportações ou com a economia, mas com o coração e o orgulho dos mexicanos", acrescentou Videgaray, numa coletiva de imprensa na embaixada mexicana em Washington.

Acompanhado pelo ministro da Economia, Ildefonso Guajardo, Videgaray esteve numa visita de dois dias à capital dos EUA para preparar o encontro entre o presidente do México, Enrique Peña Nieto, e seu homólogo americano, que estava previsto para a próxima semana mas foi cancelado na quinta-feira.

Leia mais no MSN
---------------


Muro será pago pelo consumidor americano, diz ministro mexicano Muro será pago pelo consumidor americano, diz ministro mexicano Reviewed by Anderson Nascimento on 20:00:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.