As Forças Armadas da Turquia asseguraram nesta quinta-feira (9) que um avião de combate russo matou três soldados turcos e feriu outros 11 em um bombardeio esta manhã no norte da Síria. Aparentemente, o caça atacou "por erro" um prédio no qual estavam os soldados, informou a rede de televisão CNNTÜRK. O presidente da Rússia, Vladimir Putin, ligou para seu colega turco, Recep Tayyip Erdogan, para expressar suas condolências. "Durante uma missão contra alvos do Estado Islâmico, um caça da Federação Russa bombardeou um edifício no qual estavam membros das Forças Armadas turcas, matando três deles e deixando outros 11 feridos, um deles de forma grave", informa o comunicado da cúpula militar turca. O texto não especifica o local do incidente e apenas esclarece que foi "na zona da operação Escudo de Eufrates", em referência ao noroeste da Síria, onde as forças turcas combatem o EI desde agosto. Ainda não se sabe se há uma relação entre este ataque aéreo e a morte de cinco soldados turcos em combates nesta quinta-feira com o Estado Islâmico nos arredores da cidade de Al Bab.

As Forças Armadas da Turquia asseguraram nesta quinta-feira (9) que um avião de combate russo matou três soldados turcos e feriu outros 11 em um bombardeio esta manhã no norte da Síria.

Aparentemente, o caça atacou "por erro" um prédio no qual estavam os soldados, informou a rede de televisão CNNTÜRK.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, ligou para seu colega turco, Recep Tayyip Erdogan, para expressar suas condolências.

"Durante uma missão contra alvos do Estado Islâmico, um caça da Federação Russa bombardeou um edifício no qual estavam membros das Forças Armadas turcas, matando três deles e deixando outros 11 feridos, um deles de forma grave", informa o comunicado da cúpula militar turca.

O texto não especifica o local do incidente e apenas esclarece que foi "na zona da operação Escudo de Eufrates", em referência ao noroeste da Síria, onde as forças turcas combatem o EI desde agosto.
Ainda não se sabe se há uma relação entre este ataque aéreo e a morte de cinco soldados turcos em combates nesta quinta-feira com o Estado Islâmico nos arredores da cidade de Al Bab.

Leia mais no UOL


---------------


Cursos sem mensalidades e 100% online a partir de R$ 29,90
Curso de Empreendedorismo
Curso de Redes Sociais
Curso de AutoCAD
As Forças Armadas da Turquia asseguraram nesta quinta-feira (9) que um avião de combate russo matou três soldados turcos e feriu outros 11 em um bombardeio esta manhã no norte da Síria. Aparentemente, o caça atacou "por erro" um prédio no qual estavam os soldados, informou a rede de televisão CNNTÜRK. O presidente da Rússia, Vladimir Putin, ligou para seu colega turco, Recep Tayyip Erdogan, para expressar suas condolências. "Durante uma missão contra alvos do Estado Islâmico, um caça da Federação Russa bombardeou um edifício no qual estavam membros das Forças Armadas turcas, matando três deles e deixando outros 11 feridos, um deles de forma grave", informa o comunicado da cúpula militar turca. O texto não especifica o local do incidente e apenas esclarece que foi "na zona da operação Escudo de Eufrates", em referência ao noroeste da Síria, onde as forças turcas combatem o EI desde agosto. Ainda não se sabe se há uma relação entre este ataque aéreo e a morte de cinco soldados turcos em combates nesta quinta-feira com o Estado Islâmico nos arredores da cidade de Al Bab. As Forças Armadas da Turquia asseguraram nesta quinta-feira (9) que um avião de combate russo matou três soldados turcos e feriu outros 11 em um bombardeio esta manhã no norte da Síria.  Aparentemente, o caça atacou "por erro" um prédio no qual estavam os soldados, informou a rede de televisão CNNTÜRK.  O presidente da Rússia, Vladimir Putin, ligou para seu colega turco, Recep Tayyip Erdogan, para expressar suas condolências.  "Durante uma missão contra alvos do Estado Islâmico, um caça da Federação Russa bombardeou um edifício no qual estavam membros das Forças Armadas turcas, matando três deles e deixando outros 11 feridos, um deles de forma grave", informa o comunicado da cúpula militar turca.  O texto não especifica o local do incidente e apenas esclarece que foi "na zona da operação Escudo de Eufrates", em referência ao noroeste da Síria, onde as forças turcas combatem o EI desde agosto. Ainda não se sabe se há uma relação entre este ataque aéreo e a morte de cinco soldados turcos em combates nesta quinta-feira com o Estado Islâmico nos arredores da cidade de Al Bab. Reviewed by Anderson Nascimento on 21:00:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.