Continuidade e base sólida são trunfos do Ituano para o Paulistão


O Ituano possui algumas facetas ainda raras no futebol do interior paulista. O time tem, por exemplo, o mesmo técnico desde 2014: Tarcísio Pugliese. Aposta frequentemente nas categorias de base e consegue resultados, além de trabalhar muito bem na estrutura, possuindo, em parceria com o governo local, um CT que recebeu a seleção da Rússia na Copa do Mundo de 2014.

Tudo isso, juntamente com a gestão de Juninho Paulista, colocam o Ituano como uma força a ser respeitada no Paulistão. Em 2016, o time ficou no quase e só não se classificou para as quartas de final porque acabou perdendo um jogo-chave em casa contra o Mogi Mirim. Ainda na última rodada, o time possuía chances de avançar, mas acabou ficando de fora. No segundo semestre, o Galo de Itu chegou às quartas de final da Série D, mas perdeu para o CSA e não subiu de divisão.

A ideia do Ituano é jogar para se classificar e retornar às quartas de final do Paulistão, coisa que não acontece desde que o time foi campeão sobre o Santos nos pênaltis, na histórica campanha de 2014.

Pensando no novo ano, o Ituano manteve uma base que disputou o Paulista e a Série D no último ano, com o goleiro Fábio, os zagueiros Naylhor e Léo, os laterais Arnaldo e Peri, os volantes Simião e Guly, o meia Igor Henrique e os atacantes Claudinho e Morato. O time se reforçou com Ronaldo, que ganhou destaque pelo clube na Copa do Brasil de 2015, com o lateral-esquerdo Feijão, e ainda promoveu alguns jovens valores das categorias de base, como o meia Bassani e o atacante Levak.  

Leia mais no GE


---------------


Continuidade e base sólida são trunfos do Ituano para o Paulistão Continuidade e base sólida são trunfos do Ituano para o Paulistão Reviewed by Anderson Nascimento on 17:30:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.