Problemas extracampo colocam elenco do Santos contra diretoria


Contando o amistoso contra o Kenitra, no último dia 28 de janeiro, no Pacaembu, o Santos já contabiliza 14 gols em apenas três jogos no ano. Além disso, o Peixe tem duas vitórias, segue invicto e é líder do grupo D do Campeonato Paulista. Teoricamente, o ambiente no clube deveria estar bom, já que o time comandado pelo técnico Dorival Júnior está correspondendo dentro das quatro linhas. Porém, problemas extracampo têm atrapalhado o alvinegro neste começo de temporada.

O principal deles surgiu na última sexta-feira e serviu para rachar de vez a relação entre elenco e diretoria. A cúpula do alvinegro decidiu demitir o gerente de futebol Sérgio Dimas. A mudança não agradou os jogadores, que tinham boa relação com o profissional. Por conta disso, os integrantes da comissão técnica e os atletas se reuniram com o presidente Modesto Roma Júnior para tentar reverter o quadro. O mandatário, porém, apenas resumiu que a demissão aconteceu por conta de um assunto ‘interno’ e informou que não irá voltar atrás.

A situação revoltou ainda mais os jogadores. Comandados pelo lateral-esquerdo Zeca, eles decretaram greve de silêncio e não falaram com a imprensa após a vitória por 3 a 2 sobre o Red Bull Brasil, neste domingo, no Pacaembu. Modesto não gostou da atitude, mostrou-se irredutível e não pretende mais conversar sobre o assunto com os atletas. Tanto que o superintendente Dagoberto dos Santos será o encarregado de resolver o problema com o elenco.

Inicialmente, foi especulado por um dos assessores particulares do presidente que Dimas havia sido demitido após esquecer um prazo de inscrição na Conmebol para a Copa Libertadores da América. O mandatário negou o fato e disse que o corte faz parte de uma série de mudanças que irão acontecer no departamento de futebol.

Porém, segundo apurado pela Gazeta Esportiva, o gerente de futebol foi demitido por uma questão política. Isso porque ele teria contato com membros opositores da atual diretoria. E como acontecerão eleições no clube em dezembro deste ano, a cúpula optou por buscar um profissional ‘de confiança’. Interinamente, o analista Alexandre Ceolin, que chegou recentemente do Atlético-MG, assume a função.




---------------


Cursos sem mensalidades e 100% online a partir de R$ 29,90
Curso de Empreendedorismo
Curso de Redes Sociais
Curso de AutoCAD
Problemas extracampo colocam elenco do Santos contra diretoria Problemas extracampo colocam elenco do Santos contra diretoria Reviewed by Anderson Nascimento on 21:00:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.