Após vitória, Autuori avalia Atlético-PR no grupo da morte: "Patinhos feios"


Com a vitória por 1 a 0 em cima do San Lorenzo, na noite desta quarta-feira, o Atlético-PR conseguiu um pouco mais de tranquilidade no grupo 4 da Libertadores. O técnico Paulo Autuori reconheceu que os três pontos fora da casa dão alívio ao Furacão no torneio, já que o "grupo da morte" não permite tropeços.

- Queremos vencer os jogos. Facilidade não espero em lugar nenhum, menos ainda contra equipes como o San Lorenzo. Sempre muito fortes, não desistem nunca. Queremos crescer competitivamente. Assim que terminou o sorteio, este grupo foi eleito o grupo da morte eleito. Nós somos os patinhos feios. Então, foi uma boa vitória, pensando no outro jogo (contra o Flamengo) - avaliou Autuori.
Com o resultado, o Atlético-PR soma quatro pontos e divide a liderança com a Universidad Católica - ambos com a mesma pontuação e saldo de gols. O grupo ainda tem Flamengo e San Lorenzo. Na primeira rodada, o time havia empatado com a Católica na Arena da Baixada, o que deixou um gosto amargo no início da fase de grupos. Autuori voltou a falar sobre esse resultado e disse que, em uma sequência de jogos como a do Rubro-Negro, é presunção pensar que a equipe vai ganhar todas as partidas.

- Não se classifica com pontos perdidos e, sim, com pontos ganhos. Para nós é independente, porque sabemos o que temos que fazer. É muita presunção que, num grupo que foi eleito pelos analistas como “grupo da morte”, pela dificuldade das equipes envolvidas, achar que vai sair ganhando nos jogos todos. É certa presunção, não aceito isso e não permito que passe para o grupo - decretou o técnico.

Leia mais no GE


---------------


Cursos sem mensalidades e 100% online a partir de R$ 29,90
Curso de Empreendedorismo
Curso de Redes Sociais
Curso de Inglês
Após vitória, Autuori avalia Atlético-PR no grupo da morte: "Patinhos feios" Após vitória, Autuori avalia Atlético-PR no grupo da morte: "Patinhos feios" Reviewed by Anderson Nascimento on 21:00:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.