Citado na Lava-Jato, Eliseu Padilha retorna a Brasília após cirurgia


Citado em depoimentos de investigações da Lava-Jato sobre repasse de recursos ao PMDB, o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, retorna hoje a Brasília. Padilha passou por uma cirurgia de próstata no último dia 27 de fevereiro. Ele disse ao GLOBO que volta para trabalhar, mas interlocutores de Temer sinalizaram que seu destino é incerto.

Interlocutores dizem que Temer quer uma “conversa franca” com Padilha e explicações sobre as denúncias. Uma das alternativas seria Padilha acabar se retirando novamente, alegando que está se recuperando e que tem dificuldades para retornar. Esta segunda-feira será decisiva, afirmam fontes do Palácio do Planalto.

—Ele terá que dar publicamente a sua versão dos fatos — cobrou um interlocutor de Temer.

Mas o advogado José Yunes, amigo e ex-assessor do presidente Michel Temer, declarou ter recebido um “pacote” destinado a Padilha, insinuando que seriam recursos para campanha eleitoral, e ter contado a Temer já em 2014. Recentemente, o depoimento veio a público, e Yunes disse em entrevistas que foi usado como “mula” por Padilha.

LONGE DE TURBILHÃO

Longe de Brasília desde 22 de fevereiro, Padilha tem mantido contato com Temer enquanto está em Porto Alegre. Apesar do retorno, ele terá um ritmo mais lento de trabalho porque ainda está se recuperando da cirurgia. Assessores do ministro dizem que ele volta disposto a discutir a reforma da Previdência.

— Estou em franca recuperação. Voltarei ao trabalho amanhã (hoje) — disse Padilha.

A licença médica acabou tirando Padilha do turbilhão político: ocorreu no momento em veio a público o depoimento de Yunes. Ele fez a cirugia em 27 de fevereiro e deveria voltar em 6 de março, mas estendeu a licença até hoje.

O presidente nacional do PMDB e investigado na Lava-Jato, o senador Romero Jucá (RR), afirmou não ver problemas no retorno de Padilha:

— Se ele esperar para acabar o olho do furacão... A Lava-Jato vai demorar. Enquanto ele tiver a confiança do Michel, essa é uma decisão dele e do Michel. Ele é uma peça importante para o governo.

Jucá também disse que está “tranquilo” em relação à nova lista de Janot.

— O alvo é a política. Todo mundo. Haverá a investigação, alguns serão condenados e outros, absolvidos. Apesar de todos já terem sido execrados publicamente — alfinetou o senador.

Leia mais no MSN


---------------


Cursos sem mensalidades e 100% online a partir de R$ 29,90
Curso de Empreendedorismo
Curso de Redes Sociais
Curso de Inglês
Citado na Lava-Jato, Eliseu Padilha retorna a Brasília após cirurgia Citado na Lava-Jato, Eliseu Padilha retorna a Brasília após cirurgia Reviewed by Anderson Nascimento on 17:30:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.