'É imperdoável o processo de perseguição', diz Lula a Moro


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva usou o final do depoimento ao juiz Sérgio Moro, em Curitiba (PR), para dizer que está sendo vítima de perseguição política e que as acusações contra ele são meras ilações. Ou seja, declarações sem provas. "É imperdoável o processo de perseguição", afirmou.

O petista é réu em cinco processos. Na tarde desta quarta-feira (10) ele foi ouvido no caso que investiga recebimento de propina no caso que envolve a compra do tríplex de quase R$ 4 milhões no Guarujá (SP). O depoimento durou cinco horas.

Estou sendo vítima da maior caçada jurídica que um presidente ou político brasileiro já teve (...) O objetivo é tentar massacrar esse cidadão. Ele tem que pagar o preço por existir. Esse cidadão cometeu o erro de provar que esse país pode dar certo.

Lula disse que assumiu o Palácio do Planalto com a economia mal e que tem orgulho de ter feito a Petrobras crescer. Disse ainda que deu dignidade ao Brasil ao fortalecer instituições como o Ministério Público Federal.

Quando fui eleito em 2003 tinha compromisso de fé e consciência de que não podia errar. Se eu errasse, a classe trabalhadora nunca mais iria eleger alguém do andar de baixo. Presidência da República não foi feita para metalúrgico, para quem não tinha diploma universitário.

O magistrado interrompeu o discurso para dizer quer as declarações finais não devem servir para propósitos políticos, mas Lula continuou. "Estou sendo julgado pelo que fiz no governo", argumentou.

Leia mais no MSN


---------------


Cursos sem mensalidades e 100% online a partir de R$ 29,90
Curso de Fotografia
Curso de Administração
Programa de Afiliados - ----
'É imperdoável o processo de perseguição', diz Lula a Moro 'É imperdoável o processo de perseguição', diz Lula a Moro Reviewed by Anderson Nascimento on 20:30:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.