"Nós sermos campeões não é normal", diz Carille, em seu primeiro estadual como técnico


O título do Corinthians de campeão Paulista surpreendeu a... Fábio Carille! Isso mesmo. O comandante do time que superou a Ponte Preta na decisão, com placar agregado de 4 a 1, e levantou a taça neste domingo, na Arena Corinthians, mostrou sinceridade.

Ele admitiu: não esperava ganhar o troféu logo na primeira disputa de competição como treinador. Durante nove temporadas, Carille foi auxiliar no Timão.

– O que acontece aqui não é normal, não. Nós sermos campeões não é normal. Vou ser sincero: não esperava. Esperava mais tempo, mais entendimento, só que a parte defensiva sobressaiu demais. Lembro que para chegar no título Mundial de 2012 o time foi construído em 2010. São dois ou três anos. Na Europa é assim. É uma engrenagem. É esporte coletivo, não individual. Mas a necessidade de resultados rápidos obriga a algumas coisas que não concordo. Aqui deu tudo certo.
Veja abaixo os principais tópicos da entrevista coletiva de Fábio Carille:

Balanço do início como treinador e montagem da equipe
– Estou me sentindo muito feliz e orgulhoso de tudo o que aconteceu. Tive uma experiência de seis jogos no ano passado e saí satisfeito, mais fortalecido. Os jogadores se apresentaram no dia 11 de janeiro, mas eu e a comissão no dia 3. Traçamos perfil e a melhor forma de jogar. Sabia que precisava de resultados rápido. Com isso, veio a ideia que deixei clara desde o início: marcar bem, acertar o sistema defensivo e depois soltar o time. Assim aconteceu. Continuamos com base sólida atrás, mas estamos soltando mais e criando mais oportunidades.

Qual o momento mais difícil da conquista?
– Até o jogo do Palmeiras todos os dias foram difíceis. O grupo mostrou muita maturidade e personalidade de ir para o CT quietinho e treinando com intensidade. A cobrança não era só em mim, mas nos jogadores também. Foi muito difícil não para mim, mas para o grupo. Sei assimilar bem e ficar na minha. Sei o que quero escutar e onde posso ir. Mas tinha muita preocupação com o grupo, jogadores jovens e essa pressão toda. Administrar isso tudo não foi fácil.

Onde o Corinthians pode chegar neste ano?
– Vamos continuar igual. Muito feliz hoje, mas amanhã tem de preparar o time para quarta-feira. Não será fácil. Ainda mais por tudo, relaxamento natural. Temos de ir muito fortalecidos para quarta. Amanhã é colocar os pés no chão. Depois pensar na estreia do Brasileiro. Sobre reforços? Pode acontecer. Se chegar é para fortalecer. Se não vamos continuar da mesma maneira. Quem chegar precisa entender que vamos precisar trabalhar muito.




---------------


Cursos sem mensalidades e 100% online a partir de R$ 29,90
Curso de Fotografia
Curso de Administração
Programa de Afiliados - ----
"Nós sermos campeões não é normal", diz Carille, em seu primeiro estadual como técnico "Nós sermos campeões não é normal", diz Carille, em seu primeiro estadual como técnico Reviewed by Anderson Nascimento on 21:30:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.