Tribunais militares para civis aumentam tensão na Venezuela


A oposição venezuelana e uma ONG coordenaram nesta terça-feira o julgamento de dezenas de civis e tribunais militares, que denunciam como uma manobra do presidente Nicolás Maduro para desanimar os protestos contra ele, que já deixam 36 mortos em 40 dias.

A medida agrava um momento de alta tensão pela convocatória do mandatário a uma Assembleia Constituinte, que intensificou as manifestações com as quais a oposição exige sua saída do poder.

Maduro, que ainda não se pronunciou sobre os tribunais militares, irá liderar nesta tarde um ato diante de milhares de apoiadores que se concentram nos arredores do palácio presidencial de Miraflores, no centro de Caracas, em apoio à Constituinte.

Ao mesmo tempo, o Parlamento, único poder controlado pela oposição, aprovará um acordo que condena esses julgamentos contra detidos pelo Plano Zamora, uma operação de segurança impulsionada por Maduro quando as manifestações começaram.

"A Constituição é clara, a jurisdição militar não é para civis. Levar manifestantes para lá é violar os direitos humanos", disse o chefe do legislativo, Julio Borges, ao dirigir uma mensagem ao ministro da Defesa, o general Vladimir Padrino López.

O chefe da Região Estratégica de Defesa Integral (Redi, centro), o major-general Jesús Suárez, afirmou que de 780 detidos, 251 foram levados aos tribunais militares acusados de "ataque aos guardas e associação para rebelião".

Cerca de 70 indivíduos foram presos por ordem destes tribunais instalados no estado de Carabobo, afirmou o advogado Tony Marval, enquanto a ONG de direitos humanos Foro Penal registrava outros 11 presos em Caracas e no estado de Lara.

Leia mais no MSN


---------------


Cursos sem mensalidades e 100% online a partir de R$ 29,90
Curso de Fotografia
Curso de Administração
Programa de Afiliados - ----
Tribunais militares para civis aumentam tensão na Venezuela Tribunais militares para civis aumentam tensão na Venezuela Reviewed by Anderson Nascimento on 18:00:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.