Oracle apresenta novos programas que transformam a forma como clientes compram e consomem na nuvem


Em um evento ao vivo ocorrido hoje, o presidente executivo do conselho de administração e diretor de tecnologia (CTO) da Oracle, Larry Ellison, anunciou novos programas que reduzem custos ao oferecerem maior flexibilidade e automatização, permitindo aos clientes obterem maior economia com seus atuais investimentos em software da Oracle. Entre os novos programas do Oracle Cloud estão "Bring Your Own License to PaaS" e "Universal Credits".
Oracle_Logo
"Estamos transformando completamente a forma como todas as empresas compram e usam a nuvem, fornecendo flexibilidade e escolha", disse Ellison. "Hoje, estamos combinando os preços mais baixos ao mais alto desempenho e mais automatização para proporcionar um menor custo total de propriedade aos nossos clientes."
Enquanto algumas empresas não veem a hora de irem para a nuvem, muitas ainda não migraram devido a obstáculos que forçaram a escolha entre a flexibilidade e redução de custos. Elas vêm sendo desafiadas pela complexidade da nuvem e pela incapacidade de reequilibrarem gastos em serviços diferentes. As empresas também têm sofrido restrições pela limitação de visibilidade e controle em relação aos gastos com a nuvem. Até agora, elas ainda não puderam aproveitar inteiramente na nuvem seus investimentos em software local, estando limitadas a serviços de IaaS ou sacrificando características importantes de banco de dados na camada de PaaS. Novos programas de nuvem da Oracle enfrentam as dificuldades dos clientes para a adoção da nuvem, melhorando e simplificando a maneira como eles compram e consomem serviços na nuvem.
Bring Your Own License to Oracle Database PaaS: mais economia com mobilidade de licenças
Atualmente, os clientes podem trazer suas licenças locais para o Oracle IaaS. Hoje, a Oracle está expandindo essa oferta, permitindo aos clientes a reutilização de suas licenças de software existentes para o Oracle PaaS, incluindo Oracle Database, Oracle Middleware, Oracle Analytics e outros. Clientes com licenças locais podem aproveitar esse investimento para usar o Oracle Database Cloud a uma fração do preço anterior do PaaS. Rodar o Oracle Database no Oracle IaaS é mais rápido e oferece mais recursos do que a Amazon, oferecendo o menor custo total de propriedade do mercado. Além disso, os clientes podem reduzir ainda mais os custos operacionais e gerenciais necessários para manutenção local ao aproveitarem essa automação de PaaS.
Universal Credits: escolhas flexíveis de compra e consumo para serviços de IaaS e PaaS da Oracle
A Oracle está apresentando o Universal Credits, o modelo de compras e de consumo mais flexível do mercado para serviços na nuvem. Com o Universal Credits, os clientes firmam um único contrato que fornece acesso ilimitado a todos os atuais e futuros serviços de PaaS e IaaS da Oracle, abrangendo o Oracle Cloud e o Oracle Cloud at Customer. Os clientes ganham acesso sob demanda a todos os serviços, além do benefício de menor custo de serviços pré-pagos. Além disso, têm flexibilidade para upgrade, expansão ou migração de serviços entre datacenters com base em suas necessidades. Com o Universal Credits, os clientes ganham a capacidade de trocar os serviços de PaaS ou IaaS que estão usando sem a necessidade de notificar a Oracle. Eles também se beneficiam ao usarem novos serviços com o conjunto existente de créditos de nuvem quando há disponibilidade.
Os novos programas Universal Credits e Bring Your Own License to PaaS da Oracle estarão disponíveis em 25 de setembro de 2017. Esses programas abrangem o Oracle Cloud e o Oracle Cloud at Customer.



---------------


Cursos sem mensalidades e 100% online a partir de R$ 29,90
Curso de Fotografia
Dicas para sua carreira
Programa de Afiliados - ----
Oracle apresenta novos programas que transformam a forma como clientes compram e consomem na nuvem Oracle apresenta novos programas que transformam a forma como clientes compram e consomem na nuvem Reviewed by William Nascimento on 15:58:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.