Com especial noturna inédita, Mitsubishi Cup esquenta campeonato em Indaiatuba (SP)


Na sexta-feira dia 20 de outubro, a Fazenda Pimenta estava repleta de competidores concentrados e ansiosos. Às 20h em ponto, o primeiro carro largou para uma especial de rali cross-country de velocidade inédita: noturna.

“Foi extremamente desafiadora, mas muito prazerosa. Essa prova vai ficar marcada na história da Mitsubishi Cup”, ressalta Jorge Adriano Peters, navegador de um ASX RS. “Foi legal pilotar à noite. É diferente: você não tem como piscar, fica atento o tempo todo. Parabéns à organização”, fala o piloto Vitor Muench.

Foram 35km no breu, confiando na planilha e no navegador, e com os faróis ligados e regulados para iluminar o máximo possível o trajeto. “De modo geral, a navegação é planilha e confiança. Eu até olho para fora, mas não é o que mais faço. Então, muda mais para o piloto", conta a navegadora Gilze Araújo.

Já na manhã de sábado, dia 21, as duplas largaram para mais duas especiais de 35km, ainda parte desta 3ª etapa da competição – que seria em Junho, em Penha (SC), porém a chuva inviabilizou a realização e ela foi adiada para este fim de semana em Indaiatuba (SP).

"Na primeira especial de hoje baixamos três minutos do tempo de ontem”, relembra o piloto Alessandro Tozoni. Repleta de novidades e desafios, a 3ª etapa movimentou a 18ª temporada da Mitsubishi Cup, que é dividida em cinco categorias - L200 Triton Sport RS, L200 Triton ER, L200 Triton ER Master, ASX RS e Pajero TR4 ER.

Amanhã, domingo, as duplas vão encarar a 6ª etapa do ano, com duas especiais de rali cross-country de velocidade e uma disputa inédita de time-attack também na Fazenda Pimenta, em Indaiatuba (SP). “Amanhã é tudo do zero. A prova é nova e não terá nada a ver com hoje... E tem o time-attack, um desafio novo”, fala o navegador Gunnar Dums.

Campeões da 3ª etapa
Alessandro Tozoni e Gilze Araújo foram os campeões na L200 Triton ER. “A diferença na prova noturna é ficar mais e mais focada, para não pisar na bola. Mas hoje andamos muito mais rápido [do que na sexta-feira]”, conta Gilze. “À noite, você enxerga apenas a frente, não as laterais. Tem cotovelos e você não consegue ver o que tem ao lado... Adoro Indaiatuba, a primeira especial que ganhei na Mitsubishi Cup foi aqui. É uma pista técnica, travada, mais estreita, com piso gostoso de andar. Você vai dançando, é uma maravilha", relembra Alessandro.

Na L200 Triton ER Master, vitória de Juliano Diener e Gunnar Dums por apenas dois pontos de diferença do segundo colocado. “Na prova noturna você não tem referencial físico, de escape, de curva. É preciso concentração e acompanhar o odômetro. Gostei de andar de noite e até preferiria que as outras também fossem noturnas, porque é um nível de concentração ainda maior, e outra sensação de velocidade. Você não vê erosões, pedras... Precisa de mais atenção", garante o navegador Gunnar.


---------------

Matricule-se já!

Cursos sem mensalidades e 100% online a partir de R$ 29,90
Curso de Fotografia
Dicas para sua carreira
Programa de Afiliados - ----
Com especial noturna inédita, Mitsubishi Cup esquenta campeonato em Indaiatuba (SP) Com especial noturna inédita, Mitsubishi Cup esquenta campeonato em Indaiatuba (SP) Reviewed by Anderson Nascimento on 20:30:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.