Bandeira jantava com diretoria do Independiente na hora da confusão e pediu para acionar polícia

À s vésperas da grande final da Copa Sul-Americana entre Flamengo e Independiente, nesta quarta, no Maracanã, torcedores do Flamengo causaram grande confusão ao jogarem fogos em frente ao hotel na Barra da Tijuca onde estaria concentrada para o duelo a equipe adversária. O que não se sabia é que, no exato momento do tumulto, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, participava de um jantar protocolar da Conmebol com diretores do clube argentino em restaurante no Jardim Botânico, Zona Sul do Rio. Quando ficou sabendo do ocorrido, por imagens enviadas pelo celular, o constrangimento foi enorme, e o dirigente rubro-negro, acompanhado de seu vice de Futebol, Ricardo Lomba, não só pediu desculpas como, através do chefe de segurança do clube, José Pinheiro, pediu que a polícia fosse acionada ao local. Foi aí que chegou o Batalhão de Choque da Polícia Militar.

- É um jantar protocolar da Conmebol, no qual, em Copa Sul-Americana e Libertadores, os mandantes recebem a diretoria do time visitante. O clima estava muito amistoso. Quando essas imagens que vocês acompanham agora chegaram nos celulares dos dirigentes ali presentes houve um constrangimento. Segundo o que conta o presidente do Flamengo, ele pediu desculpas à diretoria do Independiente e colocou à disposição a segurança do Flamengo, acionou o chefe da segurança do Flamengo para que pudesse ir lá ao hotel e chamasse mais policiamento, e se colocou à disposição do Independiente sobre o que o Flamengo poderia fazer para diminuir essa baixaria que parte dos torcedores do Flamengo fizeram - disse o apresentador do "Redação SporTV" , André Rizek, durante o programa desta quarta-feira.

Na intervenção do Batalhão de Choque da Polícia Militar, os policiais usaram bombas de gás lacrimogêneo e tiros de borracha para dispersar o grupo, estimado em cerca de 500 pessoas. A confusão começou nas primeiras horas da noite, com a presença inicialmente de poucos rubro-negros. Alguns carros passaram atirando fogos em direção ao hotel. O número de flamenguistas, porém, foi aumentando, assim como as manifestações contra os torcedores argentinos que estavam na portaria. Em determinado momento, alguns torcedores do Flamengo tentaram invadir o local e agredir os rivais.

Leia mais no GE




---------------

Cursos sem mensalidades e 100% online a partir de R$ 29,90
Curso de Fotografia
Curso de Marketing
Curso de Photoshop
Curso de Administração
Dicas para sua carreira
Programa de Afiliados - ----

Curso de Inglês Curso de Administração Curso de AutoCAD Curso de Redes Sociais Curso de Empreendedorismo
Bandeira jantava com diretoria do Independiente na hora da confusão e pediu para acionar polícia Bandeira jantava com diretoria do Independiente na hora da confusão e pediu para acionar polícia Reviewed by Anderson Nascimento on 21:30:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.