Por Previdência, empresários vão até a casa de deputados


Está com problemas para visualizar essa mensagem? Clique aqui e leia no seu navegador >>


Estadão

Representantes de vários setores fazem corpo a corpo com parlamentares. Crédito: Dida Sampaio


Por Previdência, empresários vão até a casa de deputados


Bom dia,
Sem confirmação de votos suficientes para aprovar a reforma da Previdência, o governo está dividido: a ala política quer que a medida seja votada com 'segurança' (ou seja, 308 votos), enquanto a ala econômica quer partir para o tudo ou nada.
Nesse contexto é que empresários vão a Brasília pressionar deputados pela mudança nas regras de aposentadoria. Além de e-mails, telefonemas e mensagens, representantes da indústria de construção estão batendo à porta de parlamentares.
Partidos resistem à ideia de fechar questão sobre o assunto, o que obrigaria seus deputados a votar a favor. Por isso, uma tropa de choque de ministros negocia diretamente com deputados, e acena com mais recursos de emendas.
Com ânimo diferente do da semana passada, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) reconheceu ser difícil colocar o texto para votação na semana que vem. Ponderou que se não for aprovada agora, a reforma terá de passar no ano que vem.
No Fórum Estadão Reforma da Previdência, especialistas alertam sobre o quadro insustentável das contas públicas, a redução de privilégios e que, se a reforma for interrompida, a economia deve voltar a piorar.
Veja também:
  • Política
Levantamento do PT de São Paulo aponta para queda expressiva das candidaturas a deputado estadual e federal em 2018. O número de filiados dispostos a disputar as eleições é, hoje, de no máximo 99 nomes. Em 2014, foram 174 candidatos a cargos legislativos, o que representa uma queda momentânea de 43%
  • Economia
Angra 1 e 2 não têm como pagar combustível. Superendividada, Eletronuclear dá calote de R$ 70 milhões. A INB, estatal que detém o monopólio de processamento do urânio no Brasil e única fornecedora do combustível, ainda não tem garantia de que poderá manter suas operações até o fim de 2018.
  • Internacional
Homem detona bomba caseira, fere 3 e leva terror ao metrô de NY. Segundo autoridades, o bengalês Akayed Ullah, que tem visto de residência permanente nos EUA, fez artefato em casa e pretendia provocar uma explosão de grandes proporções; preso, ele disse querer se vingar das ações de Israel em Gaza.
  • Fórum Regional Estadão Santa Catarina
A busca por gestão eficiente e economia sustentável. SC ocupa 2º lugar no ranking de competitividade, a economia cresce e o desemprego é o menor, mas fez 'arroz e feijão', diz especialista, e ainda enfrenta desafios.
  • Viagem
Apostas para 2018: dezoito jurados especializados elegeram os 18 destinos para se viajar no próximo ano. Portugal ficou no topo da lista, mas o Brasil não fez feio: emplacou quatro destaques.
  • Metrópole
Bem-estar: para bebês, a UTI cada vez mais 'família'. Hospitais ampliam oportunidades para pais integrarem rotina do recém-nascido internado. Recém-nascido ganha 'spa' para desenvolver autoconfiança.
  • Esportes
Mundial de Clubes: Grêmio prega respeito ao Pachuca. Provável final contra o Real Madrid é assunto evitado antes da disputa com o rival mexicano; sul-americanos passaram por vexames recentemente.
  • Caderno 2
Era das 'cantautoras': cada vez mais cantoras quebram tabus e gravam as próprias criações.



O Estado de S.Paulo, 12/12/2017

Navegue por todas as páginas da edição impressa com agilidade e praticidade - pelo celular, tablet ou computador.



Janela de oportunidade

Da aprovação da Previdência depende a saúde fiscal. Grécia e Portugal como exemplos a não serem seguidos.


'Estadão Podcasts': Baixe e ouça agora notícias e análises

Ginga com tapioca em Natal

Iguaria nasceu nos anos 50 para evitar o desperdício de pequenos peixinhos presos na rede de pesca dos grandes.


Terraço do Edifício Bretagne. Crédito: Zeca Witiner/ AE


O seu dia a dia



Edifícios modernos das décadas de 50 e 60 são procurados pelo valor artístico e histórico de suas plantas, ainda consideradas boas.
Estudos mostram que a relação cara a cara facilita a resolução de problemas complexos e o surgimento de novas ideias.


Mangustos-anões desempenharam menos vezes a função de vigia. Crédito: Shannon Benson


NYT International Weekly



Para deixar claro: os mangustos-anões, sociáveis mamíferos africanos que são primos dos suricatos, não são pessoas.
Vídeos do animal rodopiando na água, gracioso como uma figura de Rubens, somam milhões de visualizações.



São Paulo (SP)
Hoje
min. 16° max 23°
Nublado pela manhã, com possibilidade de garoa. Tarde de sol com diminuição de nuvens. Noite com muita nebulosidade.
Rio de Janeiro (RJ)
Hoje
min. 19° max 28°
Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.
Foi notícia em 12 de dezembro de 1984
Programa econômico: crescer, sem inflação

VEJA MAIS


Compartilhe:   Facebook   Twitter   linkedin   Google mais
Estadão

Opinião

Política

Economia & Negócios

Brasil

Internacional

Esportes

Cultura

Últimas

Assine


Grupo Estado. Copyright © 1995-2017. Todos os direitos reservados

Para garantir que nossos comunicados cheguem em sua caixa de entrada, adicione o e-mail naoresponda@estadao.com.br ao seu catálogo de endereços.

O Estadão.com.br respeita a sua privacidade e é contra o spam na rede.

Se você não deseja mais receber nossos e-mails, cancele sua inscrição aqui.

Por Previdência, empresários vão até a casa de deputados Por Previdência, empresários vão até a casa de deputados Reviewed by William Nascimento on 10:51:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.