Prefeito de Porto Alegre pede Exército e Força Nacional para dia do julgamento de Lula

O prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior (PSDB), pediu ao governo federal tropas do Exército e da Força Nacional de Segurança para reforçar a segurança da capital gaúcha durante o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, no final deste mês.

Em ofício endereçado ao presidente Michel Temer, Marchezan Júnior cita uma "ameaça de ocupação de espaços públicos", "a menção à desobediência civil" por parte de políticos e o "iminente perigo à ordem pública e à integridade dos cidadãos" como razões para o pedido.

"Devido às manifestações de líderes políticos que convocam uma invasão em Porto Alegre, tomei essa medida para proteger o cidadão e o patrimônio público", escreveu o prefeito em sua conta no Twitter.

De acordo com o Palácio do Planalto, o ofício chegou esta manhã à Presidência e será encaminhado aos ministérios responsáveis --Defesa e Justiça-- para que o pedido seja analisado.

Consultado pela Reuters, o Ministério da Justiça informou que prefeitos não têm prerrogativa de pedir o uso da Força Nacional. De acordo com a lei, os pedidos devem ser feitos pelos governadores ou, em casos excepcionais, como para proteger uma obra de infraestrutura, por ministros.

Leia mais no MSN


---------------

Cursos sem mensalidades e 100% online a partir de R$ 29,90
Curso de Fotografia
Curso de Marketing
Curso de Photoshop
Curso de Administração
Dicas para sua carreira
Programa de Afiliados - ----

Curso de Inglês Curso de Administração Curso de Excel Curso de Excel
Prefeito de Porto Alegre pede Exército e Força Nacional para dia do julgamento de Lula Prefeito de Porto Alegre pede Exército e Força Nacional para dia do julgamento de Lula Reviewed by Anderson Nascimento on 23:00:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.