Blocos tradicionais levam humor, ironia e críticas às ruas do Rio


A partir desta sexta-feira (9), mais de uma dezena de blocos da Associação Independente de Blocos de Carnaval de Rua da Zona Sul, Santa Tereza e Centro da Cidade (Sebastiana) levam bom humor, ironia e críticas às ruas da cidade.

A festa terá início ainda nesta sexta-feira, com a apresentação do Bloco Carmelitas e seus cerca de seis mil foliões que ocuparão o pequeno bairro de Santa Teresa, na região central da cidade. O bloco homenageia o Convento das Carmelitas, que teria dado início ao bairro. Os foliões e amantes do bairro criaram a lenda de que, todo ano, uma freira pula o muro do convento para brincar o carnaval na sexta e volta para a clausura na terça.

Por isso, virou tradição que homens e mulheres vistam hábitos de freira – ou pelo menos o capuz na cabeça –, para que a “fujona” possa brincar em paz, sem ser facilmente reconhecida. Além das fantasias de freiras, passou a fazer parte do bloco também uma grande boneca, que se apresenta para o público como a carmelita mais animada.

Ao todo, os 11 blocos da Sebastiana farão 14 desfiles até a terça-feira de carnaval (13). O Carmelitas, que abre as festividades, se concentra a partir das 13h, com uma marchinha de crítica à intolerância e à censura. Em seguida, saem às ruas blocos como o do Barbas, que sai no sábado de carnaval (10); no domingo (10), saem o bloco infantil Que Caquinha é Essa? e o adulto Que Merda é Essa?, ambos com concentração na rua Garcia D'Ávila, em Ipanema.

Depois de arrastar mais de 250 mil pessoas no último sábado (2) com o Samba da Adivinhação, com críticas ao prefeito Marcelo Crivella e sua gestão, o Simpatia É Quase Amor faz seu segundo desfile no domingo, às 16h, saindo das imediações da Praça General Osório – este ano, o bloco foi impedido pela Guarda Municipal de se concentrar na praça, o que fazia há quase 40 anos.

Na segunda (12) às 8h30, é a vez do Bloco Virtual desfilar pela Avenida Atlântica, do Posto 1 até a Pedra do Leme. Na terça-feira (13), último dia de carnaval, o Bloco das Carmelitas faz seu segundo desfile em Santa Teresa, com concentração a partir das 8h no Largo do Curvelo.

Quem encerra a folia, às 17h, no Leme, na zona sul, é o Meu Bem, Volto Já!, que sai da Avenida Princesa Isabel, entra na Avenida Atlântica e segue até a Praça Almirante Júlio de Noronha, no costão do Leme. O bloco tem como tema Por um Rio de desejos!. A concentração está marcada para as 16 horas, na esquina da Avenida Princesa Isabel com Rua Viveiros de Castro. O tema deste ano é O samba faz milagres, nossa igreja é a folia.

Leia mais no MSN



---------------


Cursos para horas complementares
Curso de Excel
Blocos tradicionais levam humor, ironia e críticas às ruas do Rio Blocos tradicionais levam humor, ironia e críticas às ruas do Rio Reviewed by Anderson Nascimento on 23:30:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.