Impiedoso, Grêmio desarma ferrolho do Inter com bom futebol e expõe diferenças

Na história dos Gre-Nais, é costume falar que não há favoritismo, independentemente do momento das duas equipes. Neste domingo, o Grêmio contrariou a tradição e expôs as diferenças oceânicas entre uma equipe campeã da Libertadores e outra egressa da Série B, em formação. Em um duelo tático com times condensados, o time de Renato Portaluppi não só superou a retranca proposta por Odair Hellmann como cresceu e desfilou bom futebol no 3 a 0 aplicado na Arena, arrancando gritos de "olé" no final do jogo.

O Inter até começou melhor no clássico de número 414. Mas sucumbiu para a falta de criação e caiu nas armadilhas propostas pelo toque de bola qualificado do lado azul. E o Grêmio fez o que mais sabe: jogou bola, com qualidade. E deu pouca importância para um gramado judiado pelo show da cantora americana Katy Perry.

Embalado pela vitória no Beira-Rio, Renato Portaluppi apostou em nada mais que as próprias convicções para o segundo Gre-Nal em sequência. Utilizou o mesmo sistema de jogo, o 4-2-3-1, já tão bem sucedido, e repetiu a formatação do último clássico, com a volta de Léo Moura na vaga de Madson. Somado a isso, esperou até o último minuto para poder contar com Ramiro, em decisão que se mostraria totalmente acertada ao longo da partida.

Leia mais no GE




---------------


Cursos para horas complementares
Curso de Excel
Impiedoso, Grêmio desarma ferrolho do Inter com bom futebol e expõe diferenças Impiedoso, Grêmio desarma ferrolho do Inter com bom futebol e expõe diferenças Reviewed by Anderson Nascimento on 23:00:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.