Justiça do RJ vai decidir se mulher de Nem irá para prisão domiciliar

O ministro Edson Facin, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que a Justiça do Rio julgue o pedido de prisão domiciliar apresentado pela defesa de Danúbia de Souza Rangel. Ela é mulher de Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, apontado como chefe do tráfico de drogas na Rocinha. As informações são do jornal Extra.

O pedido foi justificado pelo fato de Danúbia ter uma filha de 7 anos. Em fevereiro, a Segunda Turma do STF autorizou que mulheres grávidas ou que tenham filhos de até 12 anos vivendo dentro ou fora das celas sejam transferidas para a prisão domiciliar. A única condição é que prisão seja preventiva, ou seja, sem condenação. Esta foi a determinação que beneficiou a Adriana Ancelmo, ex-primeira-dama do Rio.



Para Fachin, há “constrangimento ilegal” para justificar a liberdade de Danúbia. A esposa de Nem está detida no Complexo Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste do Rio, desde outubro de 2017. Segundo a polícia, ela atuava como porta-voz do marido, preso presídio federal de segurança máxima em Porto Velho.




---------------


Cursos para horas complementares
Curso de Excel
Justiça do RJ vai decidir se mulher de Nem irá para prisão domiciliar Justiça do RJ vai decidir se mulher de Nem irá para prisão domiciliar Reviewed by Anderson Nascimento on 23:30:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.