Enfurecido, Buffon se despede da Champions sem o título que faltava

A expectativa é de que, aos 40 anos, a saída de Buffon após a expulsão seja a imagem derradeira no torneio de clubes mais importante do mundo. O capitão da Juventus disputa a Liga dos Campeões desde 1997 e foram 117 jogos para receber o primeiro cartão vermelho. O lendário goleiro italiano foi expulso nos últimos segundos do que pode ter sido seu último jogo pela Champions - cujo título é o único que lhe falta. Depois de uma partida brilhante, ele novamente não conseguiu dar sequência ao sonho de conquistar o troféu mais cobiçado do continente. Enfurecido dentro de campo, Buffon tentou explicar seus pontos depois da partida: indignação em relação à arbitragem, respeito ao Real Madrid e deixando ainda como uma hipótese a sua aposentadoria no final da temporada.

Ainda antes da bola rolar, o protagonismo pessoal foi deixado de lado. Para Buffon, muito mais importante do que uma despedida dele era o foco em uma classificação da Juventus. E o “milagre”, como ele havia descrito, ficou muito perto de acontecer justamente contra o time mais vencedor da história - são 12 títulos da Champions.

Durante todo o jogo, Buffon pedia calma aos jogadores da Juventus. A equipe estava fazendo uma partida histórica: conseguindo igualar uma desvantagem de três gols, fora de casa, contra o maior campeão da história da competição. O curioso é que toda tranquilidade passada aos companheiros faltou para ele: o goleiro ficou inconformado com a marcação do árbitro Michael Oliver e foi expulso por reclamação. Aos 52 minutos do segundo tempo, Cristiano Ronaldo colocou o Real Madrid nas semifinais do torneio pelo oitavo ano seguido.

Leia mais no GE




---------------


Cursos para horas complementares
Curso de Excel
Curso Online de AutoCAD
Enfurecido, Buffon se despede da Champions sem o título que faltava Enfurecido, Buffon se despede da Champions sem o título que faltava Reviewed by Anderson Nascimento on 22:30:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.