Do banco a destaque da abertura, russo afirma: "Nem nos meus melhores sonhos"


A história de Denis Cheryshev foi cheia de obstáculos até a glória na abertura da Copa do Mundo, nesta quinta-feira, quando saiu do banco e marcou dois golaços na vitória por 5 a 0 sobre a Arábia Saudita. Cria da base do Real Madrid, o meia-atacante jamais vingou o quanto se esperava, se transferiu para o Villarreal e, nos últimos jogos, amargava a reserva da seleção da Rússia. Graças à uma lesão de Dzagoev, ainda no primeiro tempo, entrou em campo e se tornou o grande protagonista, sendo coroado como "melhor em campo" pela Fifa.

- Nem nos meus melhores sonhos havia sonhado com isso. Estou muito feliz agora, mas tenho que deixar para trás. Estou muito feliz, mas quero seguir evoluindo, é a única maneira de crescer - afirmou Cheryshev, de 27 anos.

A grande vitória, com direito a boas atuações individuais, serviu também para fazer as pazes com o torcedor. A tônica das últimas entrevistas da Rússia antes do início da Copa do Mundo era uma só: convencer e agradar o torcedor. E, depois da desconfiança da opinião pública ao longo da preparação, com um jejum de vitórias que durava desde outubro, os russos fizeram uma estreia para ninguém botar defeito. Cheryshev confessou um certo alívio com o resultado e o pacto entre os atletas por jogarem pela torcida de seu país.

Leia mais no GE




---------------


Cursos para horas complementares
FAQ - Desenvolve Cursos
Curso Online de AutoCAD
Conquiste Vagas - Desenvolve Cursos
Do banco a destaque da abertura, russo afirma: "Nem nos meus melhores sonhos" Do banco a destaque da abertura, russo afirma: "Nem nos meus melhores sonhos" Reviewed by Anderson Nascimento on 22:00:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.