Corridas previsíveis motivaram decisão de deixar a Fórmula 1, justifica Alonso

Fernando Alonso cansou da previsibilidade da Fórmula 1. Falando à imprensa em Silverstone, onde disputa neste fim de semana mais uma etapa do Mundial de Endurance, o espanhol afirmou que a falta de ação na pista e a costumeira relação de forças entre equipes grandes e o resto do grid afetaram sua motivação.

- Parei porque a ação na pista, na minha opinião, é muito ruim. Na verdade, o que mais falamos na Fórmula 1 é a respeito do extrapista. Falamos sobre polêmica, sobre mensagens de rádio, e isso é um mau sinal. Acho que há outras categorias que talvez ofereçam mais ação, mais alegria e mais felicidade – criticou o espanhol.

Embora admita que a falta de desempenho da McLaren tenha influenciado em sua decisão, Alonso garante que achava a F1 mais atrativa em anos anteriores, quando também não brigava pelas primeiras posições. Segundo ele, o esporte se tornou previsível.

- As temporadas de 2003, 2004, 2008, 2009 e 2011 foram anos em que eu não estava ganhando corridas, mas era difícil prever o que poderia acontecer. Agora podemos escrever o que vai acontecer em Spa ou Monza. Podemos cravar as 15 primeiras posições com talvez um ou dois erros. Esta previsibilidade tornou tudo difícil. Testamos na pré-temporada em Barcelona e, no primeiro dia, você sabe o que vai fazer até novembro, em Abu Dhabi.

Leia mais no GE




---------------


Cursos para horas complementares
FAQ - Desenvolve Cursos
Curso Online de AutoCAD
Conquiste Vagas - Desenvolve Cursos
Corridas previsíveis motivaram decisão de deixar a Fórmula 1, justifica Alonso Corridas previsíveis motivaram decisão de deixar a Fórmula 1, justifica Alonso Reviewed by Anderson Nascimento on 20:00:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.