5 práticas de SEO fundamentais para seu negócio digital

SEO - melhor curso

Para quem ainda não conhece o que é SEO, trata-se de estratégias de otimização para mecanismos de busca, como Google, Bing e Yahoo!

Utilizar algumas dicas e estratégias certamente ajudarão seu site e página na internet a estarem melhor posicionados em sites de busca. Vamos às 5 práticas para melhorar o SEO de sua página na internet.


1. Utilize uma URL que seja de fácil interpretação
Quanto mais simples e interpretável for sua URL, melhor será para os mecanismos de busca indexarem.
A acessibilidade sempre fez parte dos critérios do SEO, mas não tanto quanto atualmente.

Hoje em dia os motores de busca conseguem interpretar (através de critérios avançados) qual é o tipo de URL capaz de provocar mais engajamento. E um endereço fácil de ser lido, nesse caso, faz toda a diferença.

Imagine um endereço descrito desta forma:

http://meudominio.com/macacos-lutando-boxe.
Este endereço já entrega ao usuário o que ele terá e o que faz com que ele se sinta mais incentivado a querer saber do que se trata.

Em outra situação temos a seguinte URL :

http://meudominio.com/pub/post?ID=88&wk=macacos+boxe.
Esta situação ainda provoca alguma curiosidade no leitor, mesmo com alguns termos ininteligíveis. Mas veja o endereço a seguir:


2. Utilize palavras-chave nas URL
Quando você quer melhorar nos rankings de busca utilizar palavras-chave nas URL ainda é uma ideia ótima.

Em primeiro lugar, palavras-chave na URL auxiliam o usuário a pré visualizar, de certa forma, o que ele irá ter pela frente em relação ao conteúdo, seja nas redes sociais ou em links que compõem seu e-mail marketing. Mesmo que o redirecionamento seja feito através da criação de um hiperlink, o usuário poderá facilmente ver o endereço original no monitor, em seu lado inferior esquerdo.

Em segundo lugar, é comum que os usuários copiem e colem URLs o tempo todo. Quando estas URLs não provêm de textos âncora, a própria palavra-chave contida no endereço se presta a este serviço. Saiba que os textos âncora, ou seja, a palavra ou texto que servirá de base para que o hiperlink seja criado, são poderosas formas de melhorar o rankeamento de seu conteúdo.

E, em terceiro, compreenda que as URLs não passam batido nos resultados das pesquisas. Elas têm relevância sim na hora do usuário escolher em qual site clicar e ter uma URL atraente acaba sendo sinônimo de mais tráfego e dos resultados positivos que isso proporciona.

3.. Duas URLs que servem o mesmo conteúdo? Mantenha apenas uma!
Se você tem duas URLs que servem a um conteúdo muito semelhante, considere utilizar o recurso do redirect 301, que direciona o endereço incorreto para a página desejada, caso não existam razões para se manter os dois.

Caso seja necessário, como o redirecionamento para a apresentação de um produto em específico, por exemplo, para que a indexação não seja dividida pelo Google, existe o recurso do rel=canonical (canonical tag). Sugerimos que estudem estes recursos de redirecionamento por conta própria por enquanto, pois este é um assunto que abordaremos mais profundamente em outro artigo.

4. Excluir parâmetros dinâmicos quando possível
Se você pode evitar o uso de parâmetros de URL, faça isso. Caso precise utilizar mais de dois destes parâmetros, talvez seja hora de investir na reconstrução destas URL’s, de maneira que se tornem estáticas e de fácil leitura aos usuários.

A maioria das plataformas de gestão de conteúdo conseguiu avançar ao longo dos anos para que URLs consideradas confusas e “feias” sejam substituídas por algo mais “popular”.

Alguns parâmetros dinâmicos são usados ​​para rastreamento de cliques (como aqueles inseridos por aplicativos populares para compartilhamento nas redes sociais, como o Buffer). Em geral, isso não chega a causar grandes problemas, mas estes parâmetros dinâmicos podem acabar gerando URLs longas e sem nenhum apelo de atração.

Em 2014, uma pesquisa realizada pela RadiumOne sugere que o compartilhamento nas redes sociais através de aplicativos impacta diretamente no SEO, apesar de apresentar algumas vantagens também.

Com URLs curtas é possível encontrar claramente a localização e o conteúdo de forma melhor do que em URLs demasiadamente encurtadas ou em longas cadeias de palavras, que, no fim das contas, também não transmitem nenhum tipo de informação.

5. URLs curtas sao melhores

Mas não se preocupe em querer encurtá-la demais se a sua URL já é inferior a 50-60 caracteres. Mas caso o tamanho do endereço chegue perto dos 100 caracteres, talvez seja hora de repensar seu tamanho, no intuito de gerar mais valor.

Este não é um problema direto com o Google, Bing, ou demais motores de busca, que conseguem processar grandes URLs sem muita dificuldade. O problema nesse caso encontra-se com a usabilidade e experiência do usuário.

URLs mais curtas são mais fáceis de analisar, copiar e colar, para compartilhar nas mídias sociais e para incorporar em seus próprios sites. Este detalhe pode trazer bons resultados na propagação dos seus links no Facebook, Twitter e publicações de blogs.

-----

Para as melhores técnicas de SEO, aprenda com a mentoria Rentável!



aprender seo, como usar o seo para meu site, como implementar seo, download de seo para meu site, o que é seo, como aparecer em primeiro no google, como melhorar o posicionamento em pesquisas no google, mentoria de seo, curso de seo, seo gratuito



--------------






---------------



Cursos para horas complementares


Fórmula Sucesso Digital é bom?
Por que assinar a Rentável hoje?
Tecnologia do Blogger.