Licença de Del Nero não consta em atas do Palmeiras, e líder do Conselho fala em novo pedido


Embora o presidente do Conselho Deliberativo do Palmeiras, Seraphim Del Grande, tenha dito que Marco Polo Del Nero se licenciou do cargo de conselheiro vitalício no ano passado, o afastamento do ex-dirigente não consta nas listas de presença das assembleias.

Reportagem publicada pelo jornal "O Estado de S. Paulo" na última quinta-feira mostra que, por ter sido banido pela Fifa de exercer qualquer função no futebol, Del Nero não poderia ocupar sua cadeira do Palmeiras, sob risco de o clube até ser rebaixado.

Após a publicação, o presidente do Conselho alegou que, além de o Palmeiras não ter recebido qualquer notificação, o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol havia apresentado pedido de licença do cargo em abril do ano passado.

O GloboEsporte.com apurou, porém, que nas assembleias realizadas desde então não foi informada tal licença. Todas elas apontam ausência justificada de Del Nero – com um "J" ao lado de seu nome. Como comparação, na lista de presença da reunião de 15 de outubro, há um "L" (de licença) para o conselheiro e político José Aldo Rebelo.


--------------






---------------



Cursos para horas complementares


Fórmula Sucesso Digital é bom?
Por que assinar a Rentável hoje?
Tecnologia do Blogger.